Mentira #20. Deus não permitirá que lhe sobrevenham coisas que você não consegue suportar

Nota: Trechos do livro “52 Lies Heard in Church Every Sunday”, de Steve MacVey, entre aspas. Eventualmente acrescento algo meu.

=================================================

“Uma coisa muito carinhosa que um cristão pode dizer a um irmão atribulado é: “Deus não fará vir sobre você mais do que você possa suportar…” Desde que era criança venho escutando isso dentro e fora da igreja. Parece fazer perfeito sentido, considerando que o nosso Deus é um Pai amoroso. Muitos irmãos diriam que é bíblico o ensino de que Deus não permite que nos sobrevenha nada acima das nossas forças. O problema é que a Bíblia ensina algo bem diferente disso.

Geralmente, quando as pessoas pensam que aquele ensino é bíblico elas têm em mente 1Co 1.13. Esse versículo é grandioso, mas note o contexto em que ele é aplicado. Seu significado, e valiosa promessa, é que Deus não permitirá que sejamos TENTADOS A PECAR acima do que possamos suportar, por causa do poder do Cristo residente em nós. Mas a mentira que eu estou tratando aqui não é sobre a tentação ao pecado. É sobre a ideia de que Deus não permitirá que passemos por PROVAÇÕES acima das nossas forças. Tentações e provações são duas coisas bem diferentes em nossa vida. E se eu dissesse que Deus às vezes permite que passemos por provas acima das nossas capacidades? Provavelmente você não concordaria comigo. Mas então consultemos uma fonte de autoridade mais elevada nesse assunto: o grande apóstolo Paulo. Ele é, muito provavelmente, o cristão mais consagrado e ungido que jamais pisou o planeta Terra. Vejamos o que ele diz sobre esta questão: em 2Co 1.8 ele relata uma situação na qual, claramente, sobrevieram a ele e a seus companheiros tão tremenda tribulação que foi muito além das suas forças, a ponto de eles perderem qualquer esperança de vida! E aqui depõe um herói da fé, um verdadeiro gigante espiritual. Então imagine o tamanho daquela provação! Portanto, essa não é uma opinião pessoal minha, da qual estou tentando lhe convencer. É o próprio apóstolo Paulo deixando claro que Deus pode, sim, levar-nos a passar por tremendas lutas e provações. Então imediatamente vem a pergunta: ‘Com que finalidade  Deus, que nos ama tanto, permitiria que tais coisas aconteçam em nossas vidas?’ O próprio Paulo prossegue e responde a pergunta: ‘Contudo, já em nós mesmos tivemos a sentença de morte, PARA QUE NÃO CONFIEMOS EM NÓS, e sim no Deus que ressuscita os mortos’ (2Co 1.9). Aí você pode ver o que o bom Deus está realizando ao nos colocar em provas demasiado pesadas para nós. Ele usa nossas aflições para nos ensinar a colocarmos completa e absoluta confiança nEle e no Seu poder, deixando de confiar em nossa própria força. Então, quando Ele atua, seja para resolver a situação ou para colocar sua paz sobrenatural em nossos corações, ficará absolutamente claro em quem está a fonte da vitória. E assim aprenderemos de uma maneira muito mais profunda a confiar nossa vida e circunstâncias ao Senhor.”

“Acreditar na mentira de que o Senhor nunca lhe colocaria em provas acima das suas forças pode levá-lo a uma encruzilhada na qual você acha que tem que atuar como se nada estivesse acontecendo em meio a uma tremenda tribulação, quando na verdade seu coração não está em paz e lá no fundo você se pergunta porque – se Deus o ama tanto – Ele não remove o peso da aflição. Em situações assim, por crer naquela mentira, alguns acham que estão passando por tribulação porque não têm suficiente fé, ou porque têm algum pecado oculto em suas vidas.”

“Portanto, não creia naquela mentira. E saiba que embora o seu pai Celestial possa às vezes fazer que você sinta um peso acima das suas forças, Ele o carregará para você. Na verdade, Ele carregará VOCÊ na tribulação. Quando você achar que não consegue mais, a chave é lançar suas aflições sobre Ele. Aquele que nos ama certamente nos sustentará até que a crise passe. E enquanto isso não acontece, podemos descansar nos Seus braços. Podemos estar seguros de que não há nada errado com nossa fé, nosso compromisso com Ele ou com o amor dEle por nós.”

O que você acha? Contribua com um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s