Mentira #9: A vida cristã é 100% Jesus e 0% Você

Unknown-1Trechos do livro “52 Lies Heard in Church Every Sunday“, de Steve MacVey (entre aspas). Eventualmente acrescento algo meu:

“Eis aqui uma mentira que parece correta à primeira vista. Parece ser uma verdadeira expressão de humildade. Dizer que ‘a vida cristã é 100% Jesus e o% de mim’ soa super-espiritual, mas é uma mentira. Pense nisso: quando Jesus veio a este mundo, será que ele achava que sua vida era ‘100% o Pai e 0% Ele’? Não, pelo contrário. Ele e o Pai eram um. Ele era 100% homem e 100% Deus, ao mesmo tempo. Como homem, Jesus teria dito: ‘É 100% o Pai e 100% Eu’.

“1 Coríntios 6.17 afirma que aquele que se une ao Senhor é um só espírito com Ele. Tenho escutado pessoas orarem assim: ‘Senhor, eu quero mais de Ti’. Talvez estejam pensando algo diferente do que dizem, mas o fato é que já temos tudo dEle morando dentro de nós. Em Colossensses 2.9-10 o apóstolo Paulo escreveu que ‘nEle (Jesus) habita corporalmente toda a plenitude da Divindade, e nEle vocês foram feitos completos’. Portanto, nada nos falta. Jesus possui tudo o que é do Pai, e nós possuímos tudo o que é dEle (exceto, é claro, sua divindade). Em João 17 Jesus orou ao Pai que nós nos tornássemos um com Ele, assim como Ele é um com o Pai. E então orou pedindo que nós estivéssemos nEle. Sabemos que o Pai sempre atende os pedidos do Filho, portanto a realidade é que, assim como o Pai, o Filho e o Espírito Santo são um, do mesmo modo nós somos um com Ele.”

“A mensagem da Bíblia não é ‘Jesus em vez da sua vida, ou no lugar da sua vida’, como se fosse uma substituição na qual Ele engole nossa humanidade,  e a partir daí nós já não existimos. Também não é apenas ‘Cristo dentro da sua vida’, como se Ele fosse um aditivo divino para aperfeiçoar nossa humanidade. Na verdade, é ‘Cristo como sua vida’. Ele está em nós, e nós nEle. Portanto, é 100% dEle em nós, mas também 100% de nós nEle. Eis aí a perfeita união.”

“Se você acreditar que a vida cristã é ‘100% Ele e 0% você’, será muito fácil cair num estilo de vida passivo. Você poderia concluir” ‘Bom, então eu sou apenas um canal, e vou esperar que Ele atue em mim; Ele faz tudo, e eu não faço nada.’ Essa ideia falha em reconhecer a natureza da união que compartilhamos com o Senhor. Nós somos cooperadores com Cristo. Nós colocamos o pescoço no mesmo jugo ou canga, ao lado de Jesus. Ele disse: ‘tomem sobre vocês o meu jugo’. Juntos, como colaboradores de Deus e empoderados por Jesus, nos movemos adiante. À medida que Ele atua através da nossa personalidade e dos nossos corpos físicos, nós agimos. Ele ativa a Sua vontade em nossas mentes, mas Ele a cumpre através de nós.”

———————————————————-

Alguém poderia argumentar que existem alguns versículos bíblicos que parecem contradizer o que Steve MacVey disse no texto acima:
• Em João 3.30 João Batista disse: “convém que Ele cresça e eu diminua”. Mas, no contexto, isso apenas significa que o ministério de João Batista (que era ser precursor de Jesus, preparando o povo judeu para a chegada do seu Messias) já havia terminado.
• Em Gálatas 2.20 Paulo afirma: “já não vivo, mas Cristo vive em mim”. Isso parece confirmar que “é 100% Jesus e 0% Paulo”. Mas, continuando a ler o versículo, o mesmo Paulo diz: “e a vida que agora (EU) VIVO na carne, VIVO-A na fé do Filho de Deus”. E então fica claro que se trata de Jesus vivendo em Paulo, e Paulo vivendo em Jesus, e Paulo agindo em Seu Nome.

Existem muitos cristãos que simplesmente se auto-aniquilam, passivamente esperando por “revelação” da vontade de Deus para suas vidas. Ficam correndo atrás de profetas ou esperando que um anjo desça do céu para dizer-lhes o que devem fazer. Pensar e agir assim, postergando a ação, deixando de fazer diferença na vida das pessoas ao nosso redor, é o mesmo que enterrar os talentos que o Senhor já nos deu. A mensagem bíblica não é que somos marionetes nas mãos de Deus, mas sim que Ele já nos capacitou em Cristo para “irmos”, isto é, realizarmos obras que glorifiquem o Pai Celestial. Jesus disse em João 15.8: “Nisto é glorificado meu Pai: em que deis muito fruto; e assim vos tornareis meus discípulos.” 

O que você acha? Contribua com um comentário:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s